quarta-feira, 25 de março de 2009

Confissões

Diria que meus poemas
São crimes sendo confessados
Minha fuga
É o que retiro da mente
Ou do coração que já está pesado por demais
E apenas coloco no papel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Calendário