terça-feira, 24 de março de 2009

O vazio antes do beijo

Que hora mais insana
Não se fala por não ter mais nada
O tremor que abastece meu corpo
Joga tudo no coração e ele quase pára
Mas porque parar no momento
Em que era pra continuar?

Gosto do teu olhar
Tua boca úmida
Meus beijos secos
Tua pele gelada esperando meus dedos
Tudo dentro de mim desenfreado
Tenso, desencadeando meus medos

Ainda assim tento desviar
E sem importar arrisco te beijar
Em um passo chego a ti
Já não pensando em mais nada
Toco seus lábios com os meus
Sem pelo menos te pedir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Calendário