quarta-feira, 13 de maio de 2009

O que ainda restou?

Vê, tudo está em seu lugar.
Tal qual como deixou
Ainda te espera
Vê, a esperança me alimentou.
Sem sentir você se foi
Sou o mesmo que eu era

Sei, não há razão para chorar.
Quis não me machucar
Fiquei indefeso
Sei, o que sinto talvez vá passar.
O que está pensando fazer?
Há esperança em ficar?

Sim, foi como pensei.
Seu silêncio já me diz tudo
Incômodo pesar
Sim, você sabe como lutei.
Mas me fale de você
Já me vale só de aqui estar

Então me diz o que seu coração tem falado
Tens profundos segredos; indecifrável.
Quero saber se você quer
Então o sentido da vida acabou?
Não se lembra dos nossos momentos?
Momentos esses que te fiz mulher

Um comentário:

  1. essa é a que eu mais amooo...como eu ja te disse varias vzs é lindaaaa...perfeita..!vc tem uma sensibilidade incrivel p escrever...(mais uma coisa q eu amo e adimiro em vc)nunca desacredite do seu potencial!!!

    ResponderExcluir

Calendário